SOBRE MEDOS DE NÃO TE TER AO MEU LADO

mais-uma-vez

(Você pode ler ao som de OneRepublic – Counting Star)

Qual é o problema? Sabe qual é o problema? O problema é comigo, você não vê?! Não vê que eu sou insegura de mais e vou acabar fazendo com que tudo isso dê errado de novo? Você não vê o quanto eu tenho medo de te perder e talvez seja por isso que eu não me deixava envolver tanto? Mas com você foi diferente. Eu cai de cabeça. Eu quebrei perna, braço e tem fratura exposta no meio disso tudo! Eu não soube te dosar direito. Tá feliz agora? Você tava certo. Sempre esteve certo sobre tudo. Não está feliz agora de estar certo sobre a gente? Eu sei, agora eu sei. Eu devia ter desistido assim que levantei do tombo e achei que pudesse ser forte. Eu não sou ok? E agora é tarde de mais pra dizer que eu vou recuar, que vou embora e vou desistir de tudo. Como vou desistir de algo que já faz parte de mim? Não dá. E eu tô com medo. Vai me dizer que nunca sentiu medo de cruzar a esquina e eu não estar mais lá?

Já era medo antes de ser amor. Medo de dar tudo errado e você não ligar mais dizendo que tá passando por aqui. Medo dessa droga de relacionamento, e eu nem sei se posso chamar isso de relacionamento. Você tem medo de perder seu pai? Pois eu tenho medo de nunca poder conhecê-lo e lhe dizer o filho maravilhoso que tem, e de como eu sou feliz. Eu tenho medo de a sua mãe nunca gostar de mim porque quando eu olhei a foto dos dois juntos eu senti que era aquilo que eu queria pra mim sabe? Os dois juntos, até hoje, ali lado a lado e eles nunca enjoaram um do outro. Você consegue acreditar nessa forma de amor? Eu tenho medo de não ser igual a eles ou de você não ser. Tenho medo de que amanhã ou depois você decida que já deu e eu já fui o bastante pra você. Tenho medo que o tempo passe rápido de mais pra nós dois porque eu quero aproveitar tanta coisa ao seu lado. Puxa! Eu quero ter filhos, sabia? E eu tenho medo de que você não queira ser o pai. Eu tenho medo dessa minha pressa em querer ter tudo de uma só vez. Você. Nós. Uma família. Eu tenho medo de ter uma família com você e você abandonar tudo no meio do caminho. Eu tenho medo que você nunca consiga prometer me amar na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, porque você nunca foi bom com promessas. E eu tenho medo de dizer que te amo novamente porque eu não quero ter que ignorar o teu silêncio.

Eu tenho medo de você nunca me amar e tenho medo de a gente nunca acontecer. Eu tenho medo de estar sozinha e estar me antecipando de mais e de estragar tudo só porque eu tenho pressa e medo.

Eu tenho medo de nunca conseguir confiar em você e tenho medo de ser traída ou enganada. Tenho medo de ser usada e tenho medo de que tudo que já aconteceu tenha sido uma grande mentira. Porque agora já é tarde de mais pra eu decidir ir embora, porque eu tenho medo que você nunca peça pra eu ficar. Que você nunca mais peça pra eu deitar pertinho de você depois de uma discussão. Eu tenho medo que as suas amigas um dia deixem de ser só suas amigas e que a sua ex deixe de ser ex. E tenho medo que você ainda sinta alguma coisa por ela e de quando sem querer você me chama de – mor – você estar pensando nela. Eu tenho medo que você não queira se apaixonar por mim e de nunca ficarmos juntos pra sempre.

E eu tenho medo, principalmente, de ser a única a sentir todo esse medo.

tathi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s