ATÉ ALGUM DIA (OU NÃO)

tumblr_ll1946HlVt1qd0q5mo1_400

Quem sabe um dia a gente até se encontre por ai e eu minta que a vida não foi tão ruim assim sem você. Você vai perceber pelo brilho dos meus olhos que na verdade eu nunca te esqueci, mas não vai fazer nada a respeito, porque você nunca faz, e agora já é tarde de mais. A gente pode se esbarrar numa esquina qualquer ou numa palestra desses caras conhecidos que dizem saber de tecnologia. Talvez você ache que está muito velho e que é tarde de mais pra me chamar pra sentar naquele barzinho de esquina que eu tanto falava que queria conhecer, e vai deixar passar. Mas pra mim nunca vai ser tarde. Eu vou te contar que tenho um apartamento novo e ele é decorado com lembranças de nós dois, que eu nunca deixei passar, e que às vezes eu pinto de branco que é pra ver se consigo te apagar, mas que nunca consegui.

Ou talvez eu minta sobre tudo isso e diga que conheci um cara na minha última viagem, só pra ver se você ainda sente aquele ciúme bobo que você tinha de todo mundo. Eu não sei. Quem sabe você tenha se arrependido de ter evitado nós dois com medo de que algo não desce certo. Talvez a gente se esbarre por ai, num dia desses de chuva e você me chame para ir à sua casa e nunca mais me deixe ir embora, assim como devia ter feito quando nos conhecemos.

Mas talvez a gente nem se esbarre de verdade, nem volte a se ver, nem a se falar, e eu continue pintando meu apartamento de branco achando que assim, uma hora quem sabe, sua lembrança vai embora junto com a tinta velha.

 

tathi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s